Última hora

Última hora

Judo: Teddy Riner quer tornar-se no melhor judoca da história em +100 kg

O judoca Teddy Riner não tem rivais à altura na categoria de mais de 100 kg. Na última jornada do Grande Prémio de Qingdao, na China, o francês

Em leitura:

Judo: Teddy Riner quer tornar-se no melhor judoca da história em +100 kg

Tamanho do texto Aa Aa

O judoca Teddy Riner não tem rivais à altura na categoria de mais de 100 kg. Na última jornada do Grande Prémio de Qingdao, na China, o francês conquistou o ouro sem grandes dificuldades, mesmo estando a enfrentar um dos maiores rivais Sung-Min Kim.

Riner venceu com quatro shidos do sul-coreano por passividade.
O judoca francês já conta com 5 anos de invensibilidade no tatami. “O sonho é tornar-me no melhor judoca da história, na minha categoria. É o meu sonho, a minha ambição”, garantiu o francês no final do combate.

Na categoria de -90 kg, o japonês Kenta Nagasawa foi o mais forte e conquistou a primeira vitória da carreira numa grande competição: derrotou o cubano Asley Gonsales, campeão do mundo em 2013.

Na última final masculina, em -100 kg o ouro foi arrecadado pelo mongol Tuyshinbayar Naidan graças às duas penalizações por passividade do adversário, o campeão do mundo de 2009, Maxim Rakov.

No quadro feminino, na categoria de -78 kg, a japonesa Shori Hamada venceu a na final Audrey Tcheumeo. Hamada que no primeiro combate tinha eliminado a judoca portuguesa Yahima Ramirez.

Na categoria mais pesada, +78 kg, um duelo de chinesas: Song Yu e Sisi Ma. Yo, a competir na cidade natal acabou por ser mais forte e contou com a passividade da adversária para se confirmar como número um mundial da categoria.