Última hora

Última hora

Crimeia continua sem eletricidade

A Crimeia continua, basicamente, às escuras. No local onde explodiu pelo menos um poste de alta tensão, em território ucraniano, continua um grupo de

Em leitura:

Crimeia continua sem eletricidade

Tamanho do texto Aa Aa

A Crimeia continua, basicamente, às escuras. No local onde explodiu pelo menos um poste de alta tensão, em território ucraniano, continua um grupo de pessoas a dificultar a reparação do mesmo, pela Ucrânia. A Rússia diz que apressou os trabalhos para que a eletricidade possa chegar à Crimeia vinda do seu território. A tensão entre Kiev e Moscovo aumenta, como explica a correspondente da euronews Maria Korenyuk:

“Moscovo diz que está a trabalhar, mais afincadamente, na construção de uma “ponte” que transporte a energia do estreito de Kerch para a Crimeia. As autoridades russas tinham anunciado que o primeiro passo do projeto estaria terminado no início de 2016. O segundo no próximo verão.”

Do lado ucraniano o ministro da energia reconhece que sem eletricidade se corre o risco de crise humanitária e afirmou que se a Ucrânia quer recuperar o território da Crimeia tem de respeitar o seu povo. Ainda assim não há solução à vista:

“Os danos feitos na rede são significativos. Assim que conseguirmos o acesso seguro não deve demorar mais de 72 horas a resolver os problemas”, adiantou o ministro.

Os confrontos no local onde está caído um poste de alta tensão têm-se multiplicado e parece que as forças ucranianas não são capazes de pôr fim ao problema.