Última hora

Última hora

Farmacêuticas Pfizer e Allergan oficializam fusão "fiscal"

O fabricante de Viagra casou-se com o produtor de Botox para tornar as contas com o fisco menos rugosas. O grupo farmacêutico americano Pfizer e o

Em leitura:

Farmacêuticas Pfizer e Allergan oficializam fusão "fiscal"

Tamanho do texto Aa Aa

O fabricante de Viagra casou-se com o produtor de Botox para tornar as contas com o fisco menos rugosas. O grupo farmacêutico americano Pfizer e o congénere irlandês Allergan oficializaram esta segunda-feira a fusão das duas companhias. A operação foi estimada em cerca de 150 mil milhões de euros.

Para o analista-chefe da Russel Investments, Stephen Wood, este “é mais um negócio fiscal” do que uma operação com uma lógica industrial. A Pfizer vai deter 56 por cento das ações da nova entidade que a prazo vai manter o nome da farmacêutica americana. A sede administrativa fica instalada na Irlanda o que vai permitir à Pfizer escapar às novas regras do Tesouro americano e pagar menos impostos. O novo gigante da indústria farmacêutica vai ter uma capitalização de mercado da ordem dos 303 mil milhões de euros.

Mas o negócio não está concluído. Nos Estados Unidos consideram a fusão antipatriótica e várias vozes se levantam para a tentar impedir. O Tesouro americano não reagiu a este anúncio uma vez que autoridade de regulação ainda tem de se pronunciar sobre a operação.