Última hora

Última hora

Clima: 600 mil mortos em 20 anos

É uma guerra que ao longo das últimas duas décadas já provocou cerca de 600 mil mortos e mais de quatro mil milhões de feridos, desalojados ou a

Em leitura:

Clima: 600 mil mortos em 20 anos

Tamanho do texto Aa Aa

É uma guerra que ao longo das últimas duas décadas já provocou
cerca de 600 mil mortos e mais de quatro mil milhões de feridos, desalojados ou a pessoas precisar de ajuda.

Na origem estão catástrofes naturais como as inundações e os furacões. Os números constam do relatório das Nações Unidas e são divulgados a uma semana do arranque da conferência sobre as alterações climáticas, em Paris.

Representantes de cerca de centena de meia de países participam no encontro que decorre até 11 de dezembro. O objetivo é chegar a um acordo para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, responsáveis pelo aquecimento global.

A ONU diz que é preciso agir, mas o consenso não se adivinha fácil.

A reunião conta com a presença de líderes dos principais poluentes como os Estados Unidos e a China. Dois países que segundo a relatório das Nações Unidas registaram o maior número de catástrofes climáticas desde 1995. Mas é na China e na Índia que encontramos o maior número de pessoas afetadas. Seguem-se o Bangladesh, Filipinas e a Tailândia.

O Brasil ocupa o sétimo lugar na lista dos países mais afetados por desastres naturais, nos últimos 20 anos, com cerca de 50 milhões de pessoas.