Última hora

Última hora

Excesso de oferta de petróleo coloca pressão sobre a OPEP

O excesso de oferta de "ouro negro" nos mercados está a colocar pressão na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para reduzir a produção. Mas, os alertas sobre a possibilidade do barr

Em leitura:

Excesso de oferta de petróleo coloca pressão sobre a OPEP

Tamanho do texto Aa Aa

O excesso de oferta de “ouro negro” nos mercados está a colocar pressão na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para reduzir a produção. Mas, os alertas sobre a possibilidade do barril cair para valores a rondar os 20 dólares parecem não alarmar a OPEP. Um delegado de um dos principais produtores já disse que não deverá haver uma alteração da política a menos que países não-membros da OPEP, como a Rússia, estejam também dispostos a cortar na oferta. A perspetiva de o Irão, quarto maior produtor mundial, inundar o mercado graças ao levantamento das sanções aponta para a continuidade da tendência de queda do preço do barril, que ronda atualmente os 45 dólares.

A próxima reunião da OPEP está marcada para 4 de dezembro.