Última hora

Última hora

Carlos Luz e Diogo Lima partilham sétima posição em Jeju

Chang-rim An foi o único homem da casa a subir ao lugar mais alto do pódio no segundo dia do Grande Prémio de Jeju. O sul-coreano de 21 anos repetiu

Em leitura:

Carlos Luz e Diogo Lima partilham sétima posição em Jeju

Tamanho do texto Aa Aa

Chang-rim An foi o único homem da casa a subir ao lugar mais alto do pódio no segundo dia do Grande Prémio de Jeju. O sul-coreano de 21 anos repetiu o triunfo no ano passado nos -73 kg com uma vitória por ippon frente a Dirk Van Tichelt depois de apenas 40 segundos sobre o tatami. O belga foi o carrasco de Nuno Saraiva na segunda ronda, André Alves foi eliminado ao primeiro combate.

Nos -81 kg, Seidai Sato estreou-se numa grande competição internacional e logo com a medalha de ouro. O japonês de 21 anos impôs-se ao russo Khasan Khalmurzaev na final, também por ippon. Carlos Luz e Diogo Lima foram ambos derrotados na repescagem e partilharam a sétima posição.

Nas senhoras, Clarisse Agbegnenou repetiu o triunfo do ano passado no torneio sul-coreano e festejou a sexta vitória da carreira. A francesa derrotou a italiana Edwige Gwend na final dos -63 kg. Ana Cachola foi a única portuguesa em ação e foi eliminada logo ao primeiro combate.

Nos -70 kg, Sally Conway voltou a subir ao lugar mais alto do pódio depois de seis meses sem vitórias. A inglesa derrotou Seong-Yeon Kim no combate decisivo, admitiu que saia do torneio sul coreano com a confiança reforçada por saber que podia derrotar as judocas de topo e que o objetivo passava agora por encerrar a temporada com mais uma medalha no Grand Slam de Tóquio.