Última hora

Última hora

Centenas de milhares desfilam pelo clima nas principais capitais europeias

Longe da proibição de manifestações em Paris, centenas de milhares de pessoas manifestaram-se, este domingo, em várias capitais europeias, a horas da

Em leitura:

Centenas de milhares desfilam pelo clima nas principais capitais europeias

Tamanho do texto Aa Aa

Longe da proibição de manifestações em Paris, centenas de milhares de pessoas manifestaram-se, este domingo, em várias capitais europeias, a horas da abertura da Cimeira sobre o Clima.

Em Berlim, a “marcha global pelo Clima” reuniu pelo menos 10 mil pessoas na capital alemã.

Uma manifestante afirma, “queremos um objetivo obrigatório e um plano concreto para evitar o aumento das temperaturas em dois graus”.

Em Londres, os organizadores da marcha falam de mais de 50 mil pessoas nas ruas da cidade para exigir um resultado concreto das negociações internacionais.

Trata-se de uma das maiores manifestações do género no Reino Unido.

Em Madrid, como em outras 25 cidades espanholas, milhares desceram também às ruas para pedir mais ação para travar as mudanças climáticas.

Entre 10 mil e 20 mil pessoas desfilaram entre a câmara de Madrid e a Praça do Sol, com balões e cartazes verdes.

Um manifestante afirma:

“Estamos aqui para defender o planeta, para lutar por um lugar melhor onde as nossas crianças possam viver no futuro. Nós provocámos muitos estragos ao nosso planeta nos últimos 30 anos e não sei se seremos capazes de recuperá-lo”.

Em Atenas, milhares de manifestantes desfilaram sob os mesmos slogans, entre a Acrópole o Parlamento grego.

Uma marcha também em solidariedade com os ativistas franceses, impedidos de manifestar em virtude do estado de emergência após os atentados no país.

Na Bélgica, onde o governo decidiu reduzir o nível de alerta terrorista, mas onde os protestos de rua permanecem proibidos cerca de 4 mil pessoas participaram numa corrente humana em Bruxelas.