Última hora

Última hora

Papa apela à reconciliação na mesquita central de Bangui

A etapa mais perigosa da visita do Papa ao continente africano ficou marcada por apelos à paz e à reconciliação. Esta segunda-feira, Francisco

Em leitura:

Papa apela à reconciliação na mesquita central de Bangui

Tamanho do texto Aa Aa

A etapa mais perigosa da visita do Papa ao continente africano ficou marcada por apelos à paz e à reconciliação.

Esta segunda-feira, Francisco visitou a mesquita central de Bangui, na República Centro Africana, um país mergulhado numa guerra civil. Foi precisamente aos protagonistas do conflito étnico e religioso que o Papa se dirigiu.

Francisco lembrou que cristão e muçulmanos são irmãos; que viveram juntos de forma pacífica durante vários anos e que juntos podem restaurar a paz.

Nas ruas da capital, o Papa foi recebido com entusiasmo por centenas de pessoas.

O encontro com a comunidade muçulmana – um dos pontos altos do périplo de Francisco – ocorre a menos de duas semanas do referendo constitucional no país e a quatro das eleições presidenciais.

Um muçulmano diz que os laços com os cristãos são fortes e que essa ligação deve ser vivida em harmonia.

O primeiro périplo do Papa ao continente africano termina em Bangui. Francisco regressa, hoje, a Roma depois de ter passado pelo Quénia, Uganda e Republica Centro-Africana.