Última hora

Última hora

Mudar fraldas será "um maior obstáculo" que a Taça Davis, diz Andy Murray

Andy Murray está já a preparar-se para “uma grande mudança” na sua vida. No dia em que foi recebido pelo primeiro-ministro David Cameron, ao lado dos

Em leitura:

Mudar fraldas será "um maior obstáculo" que a Taça Davis, diz Andy Murray

Tamanho do texto Aa Aa

Andy Murray está já a preparar-se para “uma grande mudança” na sua vida. No dia em que foi recebido pelo primeiro-ministro David Cameron, ao lado dos colegas da equipa britânica com quem ganhou domingo a Taça Davis, em ténis, o atual número 2 da tabela ATP perspetivou que ser pai “vai ser um maior obstáculo” do que foi a final do último fim de semana diante da Bélgica.

“Bem, não um obstáculo. Vai ser um desafio. Ainda temos algumas semanas para nos prepararmos e ficarmos prontos”, anteviu o tenista escocês, casado desde abril com Kim Sears e, aos 28 anos, a aguardar o primeiro filho para fevereiro: “Estou realmente ansioso. Vai ser também uma grande mudança de prioridades e uma grande viagem.”

(Equipa britânica da Taça Davis visitou escola de ténis em cadeiras de rodas
e são ‘engolidos’ por alunos da escola do leste de Londres.)

Andy Murray, o irmão Jamie Murray (n.° 7 no ranking ATP de pares), Kyle Edmund (n.° 100 do ranking ATP) e James Ward (n.° 156), mais o capitão Leon Smith e o especialista de pares Dom Inglot, foram recebidos esta terça-feira por David Cameron no mítico número 10 de Downing Street, em Londres, a residência e escritório oficiais do primeiro-ministro britânico. “Estou muito contente por receber Andy Murray e a equipa britânica da Taça Davis no número 10 depois da fantástica vitória deles”, escreveu no Twitter o chefe de Governo.

O gabinete oficial do primeiro-ministro cometeu, porém, uma “gaffe” na mesma rede social, embora depois a corrigisse e a levasse em frente como uma brincadeira intencionada. Pouco depois do meio-dia (hora de Lisboa), o gabinete escreveu: “PM: Estou muito contente por receber Andy Murray e a equipa da Grã-Bretanha da Taça David no número 10 depois da sua sensacional vitória”.

Depois das 15 horas: “Gralha no último ‘tweet’. Deve ler-se Taça Davis. Uma vez mais, parabéns à equipa britânica pela fantástica vitória. Veja o vídeo da visita aqui em breve”.

O vídeo surgiu. Sem falhas (em baixo).

A Grã-Bretanha venceu a seleção da Bélgica, por 3-1, na final à maior de 5, com Andy Murray a participar nos três jogos decisivos, incluindo o de pares ao lado do irmão Jamie. Há 79 anos que os britânicos não venciam a Taça Davis.

O último título aconteceu em 1936, diante da Austrália, com Fred Perry em destaque. A última final disputada tinha sido a de 1978, diante dos Estados Unidos. A equipa de John McEnroe venceu, então, por 4-1.

Parabéns à equipa de ténis da Grã-Bretanha
por vencer a Taça Davis pela primeira vez desde 1936)

Taça Davis 2016

A próxima edição da Taça Davis arranca a 4 de março. A Grã-Bretanha começa a defesa do título diante do Japão, de Kei Nishikori, atual número 8 do mundo.

(Grã-Bretanha está pela primeira vez na liderança da tabela da Taça Davis.)