Última hora

Última hora

Oscar Pistorius condenado por homícidio voluntário

Supremo Tribunal de recurso da África do Sul condena Oscar Pistorius por homicídio voluntário

Em leitura:

Oscar Pistorius condenado por homícidio voluntário

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal de recurso da África do Sul declarou, esta quarta-feira, Oscar Pistorius culpado pela “morte” da sua então namorada, Reeva Steenkamp, o que pode resultar numa condenação de pelo menos 15 anos.

Segundo o tribunal, o atleta paralímpico é considerado “culpado de morte, porque teve uma intenção criminosa” no momento em que abateu a tiro Steenkamp, em fevereiro de 2013. O processo será agora “reenviado à jurisdição de primeira instância para que a sentença seja revista”.

Recorde-se que, na primeira instância, Pistorius fora condenado a cinco anos de prisão por homicídio involuntário. E desde junho deste ano que cumpria prisão domiciliária, depois de ter cumprido um sexto da pena.

Conhecido como ‘Blade Runner’, por causa das próteses nas pernas, competiu com atletas sem deficiência nos Jogos Olímpicos Londres 2012.