Última hora

Última hora

Regionais francesas: Sarkozy fecha porta a acordo com socialistas

A Frente Nacional venceu a primeira volta das eleições regionais francesas. O partido de extrema-direita liderado por Marine Le Pen foi o mais votado

Em leitura:

Regionais francesas: Sarkozy fecha porta a acordo com socialistas

Tamanho do texto Aa Aa

A Frente Nacional venceu a primeira volta das eleições regionais francesas. O partido de extrema-direita liderado por Marine Le Pen foi o mais votado em seis das 13 regiões francesas. De acordo com as estimativas do Ministério do Interior, a Frente Nacional é o primeiro partido em França com 28 por cento dos votos, seguida de Os republicanos e do Partido Socialista.

Os analistas acreditam que a Frente Nacional vai continuar a ganhar pontos na segunda volta caso a esquerda e a direita não cheguem a um acordo. Mais, admitem que a formação de Le Pen possa conquistar no próximo domingo a presidência de pelo menos duas regiões francesas: Norte-Pas-de-Calais-Picardia e Provença-Alpes-Côte d’Azur.

“Representamos nestas eleições, um dia depois da primeira volta, uma verdadeira lufada de liberdade, de independência, de justiça, a convicção de que vamos continuar a negociar ao contrário dos nossos adversários. Vamos continuar a negociar ao longo da segunda volta “ afirma Marine Le Pen.

Na tentativa de travar a ascensão do partido de extrema-direita, os socialistas retiraram as suas listas, em pelo menos duas regiões, na segunda volta a favor dos conservadores. Uma estratégia que não convence o líder de Partido Os Republicanos. Nicolas Sarkozy recusa para já qualquer fusão ou retirada de listas para travar a FN.

A segunda volta está agendada para 13 de dezembro.

As regionais são as primeiras eleições em França depois dos atentados de Paris e ocorrem a 18 meses das presidenciais.