Última hora

Última hora

Síria: Rebeldes começam a abandonar Homs

É uma trégua que pode abrir a porta a acordos semelhantes noutras frentes de batalha. A cidade de Homs, no centro da Síria, está prestes a ser

Em leitura:

Síria: Rebeldes começam a abandonar Homs

Tamanho do texto Aa Aa

É uma trégua que pode abrir a porta a acordos semelhantes noutras frentes de batalha. A cidade de Homs, no centro da Síria, está prestes a ser totalmente controlada pelas forças governamentais. Os rebeldes que estavam entrincheirados no bairro de Waer e que desejam continuar a combater, foram autorizados a deixar a cidade, juntamente com os seus familiares. O compromisso foi estabelecido sem intervenção estrangeira mas é supervisionado pela ONU.

O governador de Homs, Talal Barazi, explicou que esta quarta-feira partiu um primeiro grupo de 300 combatentes e quatro centenas de mulheres e crianças. O acordo contempla 2000 rebeldes e respetivas famílias.

Waer era o último bairro nas mãos dos insurgentes. O compromisso foi negociado depois de uma ofensiva governamental que contou com o apoio da força aérea russa. Homs tinha 800 mil habitantes em 2011. Hoje a cidade exibe as cicatrizes de uma guerra civil que já fez mais de 250 mil mortos.