Última hora

Última hora

COP21: O mundo à espera do acordo

Onze dias de negociações na cimeira do clima em Paris e um projecto de um acordo climático global delineado. As negociações continuaram durante a

Em leitura:

COP21: O mundo à espera do acordo

Tamanho do texto Aa Aa

Onze dias de negociações na cimeira do clima em Paris e um projecto de um acordo climático global delineado. As negociações continuaram durante a noite, a fim de fixar uma proposta para um acordo final que poderá ser apresentado nas próximas horas.

O Ministro do Meio Ambiente da África do Sul, Edna Molew delcarou em nome de mais de 130 nações em desenvolvimento, que faltou força legal para obrigar os países ricos a fornecer novos fundos ou tecnologia.

A diretora do Programa de Clima do Instituto de Recursos Mundiais, Jennifer Morgan, diz que falta pouco.

“Não falta muito realmente. O desafio dos negociadores é de reduzir e manter as peças-chave mais ambiciosas. Haverá este objectivo a longo prazo? Será que vai haver uma progressão em que os países têm de aumentar mais a sua contribuição?São esses aspetos que ainda não estão alinhavados”.

Os 195 países que participam na Conferência conseguiram reduzir consideravelmente o número de pontos pendentes no texto contra a mudança climática. O documento passou de 43 a 29 páginas e a quantidade de opções foi reduzida .

“O texto prevê que os 100 mil milhões de financiamento serão insuficientes a partir de 2020. Mas, infelizmente, os países não têm realmente intenção de dobrar o esforço financeiro.”

Centenas de manifestantes realizaram um protesto perto de Paris contra o projecto de acordo que consideram insuficiente e exigem medidas mais ousadas dos líderes mundiais.

O enviado da euronews explica: “Mesmo que a última proposta apresentada não faça unanimidade, os políticos e ONGs consideram que algumas opções são interessantes, mas insuficientes para um acordo. Assim, a França decidiu mudar o método de trabalho, a fim de produzir um outro projecto nas próximas horas “.