Última hora

Última hora

Iraque: Coligação afirma ter morto o "ministro" das finanças do grupo Estado Islâmico

Numa altura em que o financiamento do autoproclamado Estado Islâmico está na ordem do dia, a coligação internacional liderada pelos Estados Unidos afirma ter morto, no Iraque, o alegado responsável pe

Em leitura:

Iraque: Coligação afirma ter morto o "ministro" das finanças do grupo Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura em que o financiamento do autoproclamado Estado Islâmico está na ordem do dia, a coligação internacional liderada pelos Estados Unidos afirma ter morto, no Iraque, o alegado responsável pelas finanças do grupo radical e outros dois líderes dos jihadistas.



Abu Salah, cujo nome real seria Muafaq Mustafa Mohammed al-Karmoush, era alegadamente o responsável pelas finanças do autoproclamado califado. Os outros dois suspeitos abatidos não foram identificados.

Segundo o exército norte-americano, os militantes foram mortos em bombardeamentos nas últimas semanas e a sua eliminação “irá afetar a capacidade do Estado Islâmico em financiar-se”, referiu o coronel Steve Warren.

Os Estados Unidos estimam que os jihadistas conseguissem angariar só com a venda de petróleo perto de 43 milhões de euros por mês. Em outubro, a coligação começou a atacar essa fonte de financiamento.