Última hora

Última hora

Rei da Jordânia clama por justiça no conflito israelo-palestiniano

O conflito israelo-palestiniano é a mãe das injustiças e a fonte de muitos males. Esta foi a mensagem do rei da Jordânia, esta quinta-feira, no Med

Em leitura:

Rei da Jordânia clama por justiça no conflito israelo-palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

O conflito israelo-palestiniano é a mãe das injustiças e a fonte de muitos males. Esta foi a mensagem do rei da Jordânia, esta quinta-feira, no Med 2015, a conferência dos Diálogos Mediterrânicos, em Roma. O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, foi o anfitrião e o rei Abdullah o convidado do dia.

“Hoje é o dia internacional dos Direitos Humanos mas enquanto os palestinianos não alcançarem os seus direitos, milhões de pessoas vão ser cínicas acerca da realidade da justiça global. Agora, a propaganda do terror e o seu recrutamento prosperam com este conflito” – afirmou o monarca jordano.

A tensão entre as duas comunidades permanece ao rubro. Esta quinta-feira, na Cisjordânia, quatro soldados israelitas foram atropelados por um veículo conduzido por um palestiniano. Um dos militares está em estado grave. Desde o dia 1 de outubro foram mortos duas dezenas de israelitas, um americano, um eritreu e mais de cem palestinianos.