Última hora

Última hora

Rússia: Putin ordena extrema dureza militar na Síria

“É necessária uma extrema dureza do exército russo frente às ameaças na Síria e todos os alvos do grupo Estado Islâmico têm que ser destruídos”, a

Em leitura:

Rússia: Putin ordena extrema dureza militar na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

“É necessária uma extrema dureza do exército russo frente às ameaças na Síria e todos os alvos do grupo Estado Islâmico têm que ser destruídos”, a ordem partiu do presidente russo, Vladimir Putin, durante uma reunião alargada do ministério russo da Defesa em Moscovo.

“Estou a ordenar. Qualquer ameaça para as divisões russas ou posições russas no terreno tem que ser aniquilada de imediato. Entretanto, tem que ser estabelecida cooperação com todos os países genuinamente interessados em aniquilar os terroristas”, proferiu Putin.

O presidente revelou também que, apesar de aliado do regime de Bashar al-Assad, o Kremlin está a apoiar a oposição moderada do Exército Livre da Síria com munições e apoio aéreo no combate contra o Daesh.

Na mesma reunião, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, alertou para o facto do grupo radical Estado Islâmico controlar quase 70% do território sírio e que os efetivos do movimento ‘jihadista’ ascendem a mais de 60.000.