Última hora

Última hora

Tarantino regressa ao "western" com "The Hateful Eight"

Em leitura:

Tarantino regressa ao "western" com "The Hateful Eight"

Tamanho do texto Aa Aa

Três anos depois de Django Unchained, Quentin Tarantino regressa ao Western, com The Hateful Eight. É o oitavo filme de um dos realizadores mais talentosos e mais falados do cinema americano e mundial. Kurt Russell, Jennifer Jason Leigh, Samuel L. Jackson, Bruce Dern e Tim Roth são os atores principais.

O filme foi agora apresentado ao público em Los Angeles. Quanto ao próximo Tarantino, não será para tão cedo: “Eu não faço filmes todos os anos, por isso talvez só daqui a oito anos. Vamos ver em que estado está a indústria do entretenimento nessa altura. Não vou ficar fechado sozinho em casa, vou talvez escrever livros, escrever teatro, encenar teatro. Gosto de fazer filmes, mas não quero continuar a fazer cinema só porque estou velho e não sei fazer mais nada. Gosto da ideia do público ser mais exigente”, diz o realizador.

Point of view

Gosto de fazer filmes, mas não quero continuar a fazer cinema só porque estou velho e não sei fazer mais nada.

Uma “coboiada” à moda antiga, “The Hateful Eight”, um filme que esteve quase para não ser feito, depois do argumento ter sido divulgado pela imprensa, conta a história de uma carruagem, onde se encontram um caçador de prémios, um fugitivo à justiça e alguns estranhos que vão ter um papel importante na história.

Para Kurt Russell, filmar com baixas temperaturas não é novidade: “Quando fiz A Coisa, com John Carpenter, a temperatura era de quatro graus negativos. Neste filme, era cerca de zero. Não era muito desconfortável, mas estava o tempo todo com um casaco. Às vezes, no Colorado, onde filmámos, não havia maneira de controlar a temperatura, mas nada que não se pudesse aguentar. Simplesmente, não é como fazer um filme na praia”.

Fiel à película, Tarantino filmou “The Hateful Eight” em 70 milímetros e é assim que o filme vai ser estreado nos Estados Unidos, no dia de Natal.

Na maioria dos países, é lançado na primeira semana de janeiro.

Mais sobre cinema