Última hora

Última hora

Paris: Arma da manifestação usada a favor do clima

“Nós somos a natureza a defender-se”, a expressão ecoou na cidade luz no protesto das linhas vermelhas que não podem ser ultrapassadas. Um mar de

Em leitura:

Paris: Arma da manifestação usada a favor do clima

Tamanho do texto Aa Aa

“Nós somos a natureza a defender-se”, a expressão ecoou na cidade luz no protesto das linhas vermelhas que não podem ser ultrapassadas. Um mar de gente lutou com a arma da manifestação pacifica nas ruas de Paris por um acordo que permita salvar o mundo do aquecimento global.

Point of view

Estou no protesto para rezar, para meditar, estou aqui pelo planeta e pelas pessoas que não têm voz e pelos animais que, também, não têm voz

A linha da limitação do aquecimento do planeta aos dois graus foi o principal simbolismo.

“Hoje vim aqui para manifestar-me, para exigir mais justiça climática. E acho a ideia deste protesto muito interessante. Estamos a tentar ilustrar a linha vermelha que os Estados não podem ultrapassar”, diz um manifestante.

Uma mulher afirma “estar no protesto para rezar, para meditar, estou aqui pelo planeta e pelas pessoas que não têm voz e pelos animais que, também, não têm voz”.

Sem aquecimento global e sem guerras, a ideia patente em Paris que durante o dia foi palco de uma outro protesto.

Manifestações que violaram a interdição, decretada pelas autoridades, face ao estado de emergência saído dos atentados de de 13 de novembro. Na sexta-feira sete ecologistas foram detidos e colocados em prisão domiciliária.