Última hora

Última hora

Alemanha: crise dos refugiados domina abertura do congresso da CDU

Angela Merkel deverá defender esta segunda-feira uma solução europeia para a crise dos refugiados, na abertura do congresso da União Democrata Cristã

Em leitura:

Alemanha: crise dos refugiados domina abertura do congresso da CDU

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel deverá defender esta segunda-feira uma solução europeia para a crise dos refugiados, na abertura do congresso da União Democrata Cristã (CDU), marcado pela discórdia acerca da política de acolhimento da chanceler alemã.

Para apaziguar as vozes críticas no partido conservador, Merkel disse este fim-de-semana que pretende “reduzir significativamente” o número de migrantes que entram no país, mas recusou estabeler um valor máximo.

A chanceler afirmou ontem que trata-se de “reduzir o número de migrantes através da solidariedade europeia […] e não de medidas unilaterais da Alemanha. É óbvio que é preciso tomar medidas, mas devem ser alinhadas com as ações europeias”.

A CSU – pequeno “irmão” da CDU na Baviera – constitui o principal detrator da política de “portas abertas” da chanceler e o chefe do governo baváro, Horst Seehofer, não se cansa de exigir a reposição dos controlos fronteiriços. O número de refugiados a chegar a Alemanha deverá ultrapassar o milhão até ao fim do ano.