Última hora

Última hora

Líder pró-curdo apela a "resistência honrada" contra ofensiva militar no sul da Turquia

A operação militar turca contra o grupo separatista PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) está a inflamar a revolta da população curda que

Em leitura:

Líder pró-curdo apela a "resistência honrada" contra ofensiva militar no sul da Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

A operação militar turca contra o grupo separatista PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) está a inflamar a revolta da população curda que vive no sul do país.

Centenas de manifestantes envolveram-se esta sexta-feira em confrontos com a polícia, em Diarbakir, depois de terem sido impedidos de realizar um protesto em pleno estado de emergência.

Na base da revolta está a intervenção lançada há seis dias pelo exército em várias zonas residenciais das cidades de Cizre e Silopi.

Oficialmente pelo menos 3000 militantes do grupo armado foram mortos pelo exército desde o fim do cessar-fogo unilateral do PKK, em julho.

Fontes no terreno falam de pelo menos 130 civis mortos durante as operações do exército turco, intensificadas apos a vitória do presidente Erdogan nas eleições.

O líder do partido pró-curdo HDP, apelou hoje a população curda a realizar uma “resistência honrada” às forças policiais quando cerca de 55 combatentes do PKK foram mortosna região, nos últimos três dias.