Última hora

Última hora

Um milhão de migrantes chegou à Europa em 2015

O dia internacional do migrante é assinalado este ano em plena crise migratória na Europa. Até ao final de 2015 cerca de um milhão de refugiados

Em leitura:

Um milhão de migrantes chegou à Europa em 2015

Tamanho do texto Aa Aa

O dia internacional do migrante é assinalado este ano em plena crise migratória na Europa.

Até ao final de 2015 cerca de um milhão de refugiados terão cruzado as fronteiras do Velho Continente, através do mediterrâneo ou do mar Egeu.

Segundo a Organização Internacional das Migrações, quase três mil migrantes terão morrido em 2015 ao tentar atravessar o mediterrâneo.

“Quero assinalar que o fluxo migratório registado este mês está a revelar-se bastante mortal, em especial no leste do mediterrâneo onde registamos até agora 760 mortes”, afirmou o porta-voz da OIM, Joel Millman.

A ilha grega de Lesbos continua a ser uma das principais portas de entrada na Europa, onde cerca de duas mil pessoas continuam a chegar a cada dia.

Cerca de 1.600 foram hoje transferidos para o continente.

“Nós viémos da Síria, temos medo das fronteiras entre os países europeus e claro que temos também medo do Inverno”, afirma um migrante.

Outro migrante afegão, recorda,
“Não tenho dinheiro e não sei para onde ir com a minha família. No Afeganistão temos guerra e não temos trabalho”.

A jornada dos migrantes, assinalada pela ONU, coincide também com o anúncio da Suécia de que pretende reforçar os controlos na fronteira, e da Dinamarca, que discute a possibilidade de apreender objetos de valor a refugiados para tentar travar um fluxo que parece inflamar todos os extremismos.