Última hora

Última hora

China acusa os Estados Unidos de provocação

A China acusou os Estados Unidos de provocação, depois de um bombardeiro norte-americano B-52 ter sobrevoado na semana passada a zona no Mar do Sul

Em leitura:

China acusa os Estados Unidos de provocação

Tamanho do texto Aa Aa

A China acusou os Estados Unidos de provocação, depois de um bombardeiro norte-americano B-52 ter sobrevoado na semana passada a zona no Mar do Sul da China onde Pequim está a construir ilhas artificiais.

Um comunicado publicado este sãbado pelo ministério da Defesa chinês exige que os Estados Unidos respeitem a soberania da China.

A China tem transformado os recifes do arquipélago Spratly em ilhas artificiais, construindo ali campos de aviação e outras infraestruturas, numa zona que é reivindicada pelas Filipinas, Taiwan e o Vietname.

A estratégia de Pequim está a criar um conflito territorial na região. Está em questão a apropriação de território que não pertence à China, mas também o impacto ambiental.

Em outubro, um barco da marinha norte-americana entrou no perímetro de 12 milhas náuticas em redor destas ilhas artificiais, tendo provocado um protesto vigoroso de Pequim.

Têm-se registado nas águas do Mar do Sul da China vários incidentes, como este entre uma embarcação de patrulha chinesa e um barco de pescadores vietnamita. A zona situa-se numa das principais rotas comerciais do mundo, rica em recursos naturais.