Última hora

Última hora

Rússia pode intensificar luta contra jihadistas na Síria se necessário

As Forças Armadas russas estão muito longe de atingirem o limite das suas capacidades de combate na Síria e poderão usar “mais meios militares” se

Em leitura:

Rússia pode intensificar luta contra jihadistas na Síria se necessário

Tamanho do texto Aa Aa

As Forças Armadas russas estão muito longe de atingirem o limite das suas capacidades de combate na Síria e poderão usar “mais meios militares” se necessário. Uma informação avançada por Vladimir Putin, este sábado, no Kremlin, durante as comemorações do Dia dos Funcionários do Serviço de Segurança da Rússia:

“Quero sublinhar que não são, de todo, todas as nossas capacidades. O que estamos a utilizar na Síria está longe de ser tudo aquilo que temos. Temos mais meios militares e usá-los-emos se necessário for”, afirmou Putin.

Putin tinha já afirmado que Moscovo está disposto a trabalhar com todas as partes envolvidas nos esforços para resolver o conflito na Síria, incluindo Estados Unidos e o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Também este sábado o chefe de Estado russo afirmou que, em 2015, os serviços secretos do seu país evitaram 30 atentados e identificaram mais de 320 espiões estrangeiros.

Há vários meses que a Rússia está empenhada na luta contra os jihadistas do grupo Estado Islâmico na Síria.