Última hora

Última hora

Liga Portuguesa, J14: Sporting perde liderança para FC Porto antes do Natal

O FC Porto isolou-se pela primeira vez no comando da I Liga de futebol 2015/16, após vencer a Académica por 3-1 e beneficiar da primeira derrota do

Em leitura:

Liga Portuguesa, J14: Sporting perde liderança para FC Porto antes do Natal

Tamanho do texto Aa Aa

O FC Porto isolou-se pela primeira vez no comando da I Liga de futebol 2015/16, após vencer a Académica por 3-1 e beneficiar da primeira derrota do Sporting, por 1-0, no União da Madeira, à 14.ª jornada.

Dias depois de ter sido afastada da Taça de Portugal, pelo Sporting de Braga (4-3, após prolongamento), a equipa de Jorge Jesus voltou a tropeçar, no primeiro desaire no campeonato, que lhe custa a liderança que era isolada há várias jornadas, na sequência de sete triunfos consecutivos.

Um golo do brasileiro Danilo Dias, aos 69 minutos, de cabeça, selou o terceiro triunfo na prova dos insulares e o primeiro desaire dos ‘leões’, que apenas haviam cedido dois empates, na receção ao Paços de Ferreira e no Bessa, com o Boavista.

O União tinha surpreendido o Benfica (0-0) no início da semana, em jogo em atraso da sétima jornada, depois de sofrer uma goleada por 6-0 em Paços de Ferreira, que deixou o treinador Norton de Matos em situação fragilizada.

Quando iniciou o jogo no Dragão, o FC Porto sabia que os três pontos lhe davam o comando, por um ponto, a primeira liderança isolada na ‘era’ Lopetegui, precisamente em vésperas da deslocação a Alvalade, a 02 de janeiro.

O êxito do FC Porto esteve nas cabeças de Danilo (07) e Aboubakar (53), o primeiro na sequência de canto e o segundo de livre, bem como na arte de Herrera (72), que concluiu trabalho de Corona com toque de calcanhar.

Rui Pedro (84 minutos) ainda reduziu, insuficiente para colocar em causa o sexto triunfo consecutivo dos ‘dragões’ na competição.

O triunfo vale 36 pontos, mais um do que o Sporting e cinco que o Benfica, que venceu em casa o Rio Ave por 3-1, num desafio em que ficou a reclamar três grandes penalidades.

O bicampeão, que vinha de 0-0 em casa do União, foi o primeiro dos grandes a jogar e teve no brasileiro Jonas a sua principal figura, pois marcou aos quatro e 81 minutos, passando a 13 na prova, e fez a assistência para o terceiro, do mexicano Raúl Jiménez, aos 83. O bielorrusso Renan Bressan marcou para os visitantes, aos 13.

Destaque ainda para o terceiro triunfo do Moreirense na prova – 2-0 sobre o Nacional -, que lhe dá uma folga no fundo da tabela, bem como o êxito do Vitória de Setúbal, por 3-1 em Tondela, cada vez mais lanterna-vermelha, com apenas cinco pontos, metade dos da Académica e Boavista, penúltimos.

No fecho da 14ª jornada, Sporting de Braga e o Paços de Ferreira empataram 1-1. Os ‘arsenalistas’ chegaram ao intervalo em vantagem, depois do tento do sérvio Stojiljkovic, aos 22 minutos, mas os pacenses igualaram na segunda metade por Pelé, aos 52, na conversão de uma grande penalidade.

O Sporting de Braga fechou a jornada comodamente instalado no quarto lugar com 25 pontos, menos seis do que o terceiro, o Benfica, enquanto os pacenses estão na posição logo abaixo com 21 pontos, os mesmos de Vitória de Setúbal e Rio Ave, sexto e sétimo, respetivamente.

Jornada 14:

Arouca — Marítimo, 4-1
Estoril-Praia — Vitória de Guimarães, 0-1
Benfica — Rio Ave, 3-1
Moreirense — Nacional, 2-0
Tondela — Vitória de Setúbal, 1-3
União da Madeira — Sporting, 1-0
FC Porto — Académica, 3-1
Belenenses — Boavista, 1-0
Sporting de Braga — Paços de Ferreira, 1-1

Jornada 15:

Académica — União da Madeira (02/01, 16h00)
Boavista — Moreirense (02/01, 16h00)
Nacional — Arouca (02/01, 16h00)
Marítimo — Estoril-Praia (02/01, 16h00)
Vitória de Setúbal — Sporting de Braga (02/01, 16h15)
Vitória de Guimarães — Benfica (02/01, 18h30)
Sporting — FC Porto (02/01, 20h45)
Rio Ave — Tondela (03/01, 17h00)
Paços de Ferreira — Belenenses (03/01, 19h15)

com Lusa