Última hora

Última hora

Turquia: Serviços bancários perturbados por ciberataques

Em leitura:

Turquia: Serviços bancários perturbados por ciberataques

Tamanho do texto Aa Aa

Desconhece-se, pelo menos por agora, a autoria dos ciberataques que estão a perturbar transações com cartões de crédito em vários bancos turcos.

Está sexta-feira várias entidades deram conta de interrupções. A vaga de ataques, que se diz ser a pior que o país vivenciou, prolonga-se há duas semanas e afeta páginas de Internet de instituições públicas e de serviços financeiros.

“É difícil determinar a origem destes ataques. Com trabalho específico poderá perceber-se se estas ataques são cometidos por hackers ou por determinados grupos num país”, sublinhou o ministro turco dos Transportes e Comunicações, Binali Yildirim.

O grupo de hackers “Anonymous” publicou recentemente um vídeo na Internet onde refere que os ciberataques à Turquia permanecerão enquanto o “país não deixar de apoiar” o autodenominado Estado Islâmico. As autoridades evitam, para já, apontar o dedo.

Na procura por responsáveis, outra teoria, sugerida por alguns órgãos de comunicação locais, aponta para um possível envolvimento da Rússia, depois do agravamento das tensões entre Moscovo e Ancara.