Última hora

Última hora

Violência entre palestinianos e israelitas continua

Um palestiniano foi abatido, este sábado, pelas forças israelitas em Jerusalém. De acordo com as autoridades, o homem de 26 anos tentou esfaquear um

Em leitura:

Violência entre palestinianos e israelitas continua

Tamanho do texto Aa Aa

Um palestiniano foi abatido, este sábado, pelas forças israelitas em Jerusalém.

De acordo com as autoridades, o homem de 26 anos tentou esfaquear um polícia, perto do centro histórico de Jerusalém, tendo sido abatido a tiro.

Poucas horas depois, um outro palestiniano tentou atropelar um polícia israelita. As forças da autoridade ripostaram com tiros. Polícia e atacante ficaram feridos e foram assistidos no local.

Perto dali, a polícia israelita recorreu a balas de borracha e a granadas de gás lacrimogéneo para dispersar uma multidão que exigia a devolução dos corpos de vários palestinianos, que morreram em ataques ou em confrontos com as autoridades.

Os israelitas recusam entregar os cadáveres invocando questões de segurança.

Para os palestinianos são vítimas e mártires que lutam contra o controlo de Israel.

Na Cisjordânia, centenas de pessoas reuniram-se no funeral de uma mulher abatida, na sexta-feira, pela polícia israelita.

As autoridades afirmam que a mulher tentou atropelar um grupo de polícias, num posto de controlo.

Em Gaza, milhares de pessoas reuniram-se no funeral de dois palestinianos.

A violência aumentou, na região, desde outubro. Já morreram pelo menos 130 palestinianos e 21 israelitas e estrangeiros.