Última hora

Última hora

Turquia: Protestos curdos em Dyarbarkir

Os protestos voltaram a sentir-se em Dyarbarkir, no leste da Turquia. Uma multidão de curdos enfrentou as forças da ordem para protestar contra o

Em leitura:

Turquia: Protestos curdos em Dyarbarkir

Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos voltaram a sentir-se em Dyarbarkir, no leste da Turquia. Uma multidão de curdos enfrentou as forças da ordem para protestar contra o recolher obrigatório que vigora no distrito vizinho de Sur.

Sob temperaturas invernais, a polícia usou canhões de água e gás lacrimogéneo.

A manifestação serviu também para contestar operações militares contra o PKK em Cisre, junto à fronteira com a Síria.

Na mensagem de Ano Novo, o Presidente Recep Tayyip Erdogan explicou que as operações contra os militantes curdos vão continuar em 2016.

“Em 2015, o número de terroristas neutralizados durante operações dentro e fora do país, é de 3100. A nossa grande fonte de tristeza são os 200 agentes de segurança que foram martirizados, bem como os civis que morreram nos eventos”, disse.

No último dia do ano, as forças curdas publicaram vídeos com o que dizem ser dois polícias e seis militares turcos prisioneiros, detidos desde que Erdogan intensificou o combate ao que disse serem grupos terroristas em meados de 2015.