Última hora

Última hora

1 milhão de refugiados em risco com tempestade de inverno no Líbano

No Líbano, a primeira tempestade de inverno de 2016 veio agravar as condições de vida de milhares de refugiados sírios. Eles estão economicamente

Em leitura:

1 milhão de refugiados em risco com tempestade de inverno no Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

No Líbano, a primeira tempestade de inverno de 2016 veio agravar as condições de vida de milhares de refugiados sírios.

Eles estão economicamente vulneráveis ​​e vivem em campos de refugiados onde as temperaturas descem abaixo dos zero graus.

“Dado o número de anos que os refugiados ficam lá, significa que eles estão cada vez mais de vulneráveis, todas as suas economias foram gastas. Muitos mudaram-se para os campos de refugiados, porque são mais baratos do que viver em casas ou apartamentos na cidade. Eles não estão acostumados a estas condições. É praticamente impossível encontrar um emprego. Eles não têm fonte rendimento e são totalmente dependentes dos recursos das agências humanitárias,” esclareceu a representante do ACNUR, Maeve Murphy.

No Vale do Bekka, muitos refugiados vivem em tendas e estruturas improvisadas.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e os seus parceiros estimam que perto de 1 milhão de refugiados estão particularmente em risco durante o inverno e a precisar de ajuda para se manterem quentes e secos.

Entretanto, o ACNUR reforçou a distribuição de aquecedores, combustível e abrigos para tentar combater o frio e a neve de mais um inverno passado no exílio.