Última hora

Última hora

Suécia institui controlos na fronteira com a Dinamarca

A Suécia vai controlar a entrada de pessoas, na fronteira com a Dinamarca. Os postos de controlo de passaportes entram em funcionamento esta

Em leitura:

Suécia institui controlos na fronteira com a Dinamarca

Tamanho do texto Aa Aa

A Suécia vai controlar a entrada de pessoas, na fronteira com a Dinamarca.

Os postos de controlo de passaportes entram em funcionamento esta segunda-feira.

A medida foi anunciada em dezembro, pelo governo de Estocolmo, e pretende conter o afluxo de refugiados.

Desde os anos 50, do século passado, que os viajantes podiam circular, livremente, entre os dois países.

“Para evitar que os passageiros domésticos se misturem num posto de controlo de passaportes, eles ficam num lado da cerca e aqueles que provêm da Dinamarca ficam no outro lado. Serão apenas esses que serão submetidos ao controlo”, informa o diretor de operações da polícia de Malmo, Paul Juhlin.

A medida provocou preocupação, na Dinamarca. O primeiro-ministro, Lars Lokke Rasmussen, na mensagem de fim de ano, anunciou que uma medida semelhante poderia vir a ser tomada na fronteira entre a Dinamarca e a Alemanha.

O controlo fronteiriço é uma medida que não agrada aos viajantes.

“Do ponto de vista humanitário, isto é muito negativo. Sinto-me triste por isso,” afirma um dos viajantes.

O controlo de passaportes nas fronteiras e o endurecimento das leis de acolhimento são algumas das medidas do governo sueco para tornar o país menos apelativo para os refugiados.

A Suécia registou, até ao final do novembro, 140 mil pedidos de asilo, estimando-se que o número tenha subido para os 160 mil no final de 2015.