Última hora

Última hora

Pierre Boulez morre aos 90 anos

O compositor e maestro francês Pierre Boulez morreu aos 90 anos, em Baden-Baden, na Alemanha, onde vivia. O mundo da música perdeu uma figura

Em leitura:

Pierre Boulez morre aos 90 anos

Tamanho do texto Aa Aa

O compositor e maestro francês Pierre Boulez morreu aos 90 anos, em Baden-Baden, na Alemanha, onde vivia. O mundo da música perdeu uma figura incontornável da segunda metade do século XX.

A sua morte foi anunciada nesta quarta-feira pela família através de um comunicado divulgado pela Philharmonie de Paris, a nova casa musical da cidade em cuja abertura esteve envolvido.

“É um tipo clichê dizer “Oh, a música contemporânea é chata, austera. Não de todo! É muita divertida, tenho a certeza que mais divertida do que a música clássica porque temos menos respeito”.

Boulez era uma visita frequente em Portugal, especialmente na Gulbenkian, onde esteve cinco vezes com o Ensemble Intercontemporain.

Empenhado em difundir a música contemporânea, Pierre Boulez criou, em 1954, os concertos do Domaine Musical, que dirigiu até 1967, o Institut de Recherche et Coordination Acoustique/Musique (1976, IRCAM), com sede no Centro Georges Pompidou, e do qual foi diretor até 1991, e o Ensemble Intercontemporain (1976).

Esteve ainda associado a importantes projetos de difusão da música, como a criação da Ópera da Bastilha e da Cité de la Musique, em La Villettte, Paris.