Última hora

Última hora

Preço do barril de petróleo em novos mínimos

Alguns analistas já falam em preços de apenas um dígito - Previsões mais alarmistas do que realistas.

Em leitura:

Preço do barril de petróleo em novos mínimos

Tamanho do texto Aa Aa

Não há fim à vista para a queda no preço do barril de petróleo.

Point of view

É possível que, dentro de poucos dias, esse nível (20 dólares/barril) seja atingido. Mas isso não vai durar muito tempo, por causa do impacto na produção.

Alguns analistas já falam em preços de apenas um dígito. Mesmo se essas previsões parecem ser mais alarmistas do que realistas, a descida do barril não deixa de ser preocupante. É provocada por fatores que vão do enfraquecimento económico da China e da Índia ao conflito diplomático entre os dois maiores exportadores da OPEP, a Arábia Saudita e o Irão.

Já a meta dos 20 dólares por barril parece mais fácil de atingir em breve – É uma previsão avançada pelo Goldman Sachs, confirmada por Spencer Welch, diretor do departamento de mercados petrolíferos da IHS Global Insight: “É possível que, dentro de poucos dias, esse nível seja atingido. Mas isso não vai durar muito tempo, por causa do impacto na produção, que em breve se tornaria muito significativo. Não se trata apenas de deixar de fazer prospeção de petróleo na América do Norte, significa que muitos dos que produzem atualmente vão deixar de o fazer e isso vai provocar uma reação”.

Esta quinta-feira, o preço do barril de Brent quebrou mais um limite, o dos 33 dólares, o que significa uma queda de 70% desde que os preços começaram a descer em junho de 2014. Os preços dos combustíveis estão também a descer, mas não tanto como a matéria-prima.