This content is not available in your region

Judo alegra pequenos refugiados sírios

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
Judo alegra pequenos refugiados sírios

<p>As crianças do campo de refugiados de Kilis, na Turquia, junto à fronteira com a Síria, têm um dia-a-dia mais feliz desde que começaram a ter aulas de judo.</p> <p>Esta ação da Federação Internacional de Judo, que o organismo quer agora alargar a outros campos e a populações de refugiados na Europa, valeu o <a href="http://www.intjudo.eu/News/cikk3716">prémio de criatividade no desporto</a> Sheikh Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, dado anualmente pelo emir do Dubai.</p> <p>O programa, intitulado “Judo pela Paz”, é liderado pelo judoca e diretor de comunicação da Federação, Nicolas Messner.</p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/IntJudoFed"><code>intjudofed</a> wins Creative Sports Award of ASOIF for its Judo for Peace project led by Nicolas Messner. Super Nico! <a href="https://t.co/uqFoIJvmCs">pic.twitter.com/uqFoIJvmCs</a></p>&mdash; JudoInside.com (</code>JudoInside) <a href="https://twitter.com/JudoInside/status/676018845895811072">December 13, 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>No campo de Kilis vivem 17 mil refugiados sírios, dos quais dez mil têm menos de 15 anos. Atualmente, apenas 300 crianças estão envolvidas neste programa. O dinheiro ganho com o prémio vai ser investido no alargamento, dentro deste campo mas também a outros locais. Os organizadores querem também atrair mais raparigas para o judo. Até agora, são sobretudo os rapazes a participar.</p>