Última hora

Última hora

Burkina Faso: autoridades anunciam fim dos ataques

No Burkina Faso já terminou a operação de segurança para retomar o controlo sobre os ataques extremistas iniciados na sexta-feira à noite. De acordo

Em leitura:

Burkina Faso: autoridades anunciam fim dos ataques

Tamanho do texto Aa Aa

No Burkina Faso já terminou a operação de segurança para retomar o controlo sobre os ataques extremistas iniciados na sexta-feira à noite.

De acordo com o embaixador francês 150 pessoas foram libertadas pelas forças de segurança tendo recebido cuidados médicos.

O alto funcionário francês anunciou ainda que há pelo menos 27 mortos de 18 nacionalidades.

Informações avançadas pelo correspondente da Africanews, Boureima Salouka, dão conta da morte de pelo menos quatro atacantes, entre estes contar-se-ia pelo menos uma mulher de origem africana.

Segundo a agência France Presse, que cita o ministro da Comunicação, entre os reféns que escaparam com vida contava-se o ministro da Função Pública do Burkina Faso, Clement Sawadogo, que se encontrava no local.

O ataque foi reivindicado pela Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) que visou um dos principais hotéis da capital do Burkina Faso, e um café-restaurante adjacente.

O hotel foi palco de uma batalha entre forças da ordem e os supostos combatentes islamitas, que estavam entrincheirados com os reféns.

O assalto para retomar o controlo do hotel terá contado com o apoio de soldados franceses.

Um segundo hotel, o hotel Yibi, teria sido igualmente palco de confrontos entre os extremistas e as forças da ordem

Situado no bairro financeiro da capital, o Splendid é habitualmente utilizado por clientes ocidentais e funcionários de diferentes agências da ONU.