Rooney volta a salvar van Gaal, Terry faz história

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
Rooney volta a salvar van Gaal, Terry faz história

<p>Cinco golos nos últimos quatro jogos, Wayne Rooney reencontrou a veia goleadora e é graças a ele que o United continua na luta por um lugar na Liga dos Campeões. Este domingo frente ao Liverpool os Red Devils precisaram de fazer apenas um remate à baliza para trazer os três pontos de Anfield. Louis van Gaal continua sem convencer mas enquanto a equipa for ganhando, o seu lugar parece seguro.</p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Massive 3 points for us today. Always great to win at anfield and delighted to score the winner <a href="https://t.co/dMLEoDdtKb">pic.twitter.com/dMLEoDdtKb</a></p>— Wayne Rooney (@WayneRooney) <a href="https://twitter.com/WayneRooney/status/688829936493301761">17 janeiro 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Na Holanda, a banheira de Roterdão encheu para o clássico entre Feyenoord e <span class="caps">PSV</span> mas os adeptos locais certamente regressaram a casa cabisbaixos. A formação de Eindhoven conquistou os três pontos com uma vitória por duas bolas a zero.</p> <p>Hector Moreno, aos 49 minutos, e Luciano Narsingh, a seis minutos dos noventa, fizeram os golos do <span class="caps">PSV</span>, que continua a três pontos do líder, Ajax. Já o Feyenoord perdeu oito pontos nas três últimas jornadas e segue em terceiro, precisamente a oito pontos da liderança.</p> <h3>Ases e Azelhas</h3> <p>O golo de calcanhar aos 98 minutos não só permitiu a John Terry salvar um ponto para o Chelsea na receção ao Everton, como ainda fez dele o primeira defesa a marcar 40 golos na Premier League.</p> <p>Em Itália, a Juventus é a equipa do momento. Depois de um início de temporada muito aquém das expectativas, os tetracampeões italianos levam dez vitórias consecutivas e estão já na segunda posição a apenas dois pontos do Nápoles. O registo impressiona mas ainda está longe do recorde absoluto de 29 vitórias consecutivas, alcançado pelo Benfica de Jimmy Hagan na década de 70.</p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt"><p lang="it" dir="ltr">Avanti Juve… con la decima consecutiva!!! ⚽️⚽️⚽️⚽️ <a href="https://twitter.com/hashtag/UdineseJuve?src=hash">#UdineseJuve</a> <a href="https://t.co/OzCe0nyBk8">pic.twitter.com/OzCe0nyBk8</a></p>— Gianluigi Buffon (@gianluigibuffon) <a href="https://twitter.com/gianluigibuffon/status/688762298287157248">17 janeiro 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Pela negativa, destaque para os dois clubes de Madrid. Tal como já tinha acontecido ao Barcelona, Real e Atlético de Madrid foram impedidos de inscrever novos jogadores durante duas janelas de transferências devido a várias irregularidades na contratação de menores.</p> <p>Já Gary Neville tarda em convencer os adeptos do Valência. O inglês, na sua primeira experiência como treinador, ainda não conseguiu saborear nenhuma vitória na Liga Espanhola nos seis encontros que esteve ao comando do clube che.</p> <h3>No euro 88 só deu van Basten</h3> <p>Seguimos rumo ao próximo Campeonato da Europa com uma paragem em 1988. Marco van Basten foi o grande protagonista, tinha então 23 anos de idade e levou a Holanda ao título. Meses depois, foi premiado com o troféu mais desejado por todos os futebolistas.</p> <p>O ponta-de-lança chegou ao torneio ainda a recuperar de uma lesão no tornozelo e ficou no banco no primeiro jogo frente à União Soviética. Foi a única derrota da Holanda.</p> <p>Saltou para o onze e marcou um hat-trick à Inglaterra, o golo da vitória nas meias-finais frente à Alemanha (que até jogava em casa) a dois minutos dos noventa e um dos melhores golos na história do futebol na final frente à União Soviética.</p> <p>Sagrou-se melhor marcador do torneio e meses depois recebeu a primeira de três Bolas de Ouro.</p> <iframe width="420" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/fkKK8H18tCA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>