Última hora

Última hora

Mercados: Wall Street fecha no vermelho, Xangai abre a cair e Tóquio a subir

O receio dos investidores continua a marcar os principais mercados globais. A bolsa de Nova Iorque encerrou a sessão de quarta-feira no vermelho

Em leitura:

Mercados: Wall Street fecha no vermelho, Xangai abre a cair e Tóquio a subir

Tamanho do texto Aa Aa

O receio dos investidores continua a marcar os principais mercados globais. A bolsa de Nova Iorque encerrou a sessão de quarta-feira no vermelho, embora tenha conseguido recuperar do nervosismo provocado por nova baixa nos preços do petróleo, que levaram Wall Street a perder menos de 3 por cento a meio da sessão. O índice Dow Jones fechou nos -1,56 por cento e o tecnológico Nasdaq desvalorizou 0.12 por cento. O índice alargado S&P 500 caiu 1,17 por cento para mínimos de 21 meses.

Já esta quinta-feira, a bolsa de Xangai, a principal praça financeira na China, abriu a cair 1,42 por cento, enquanto o segundo mercado chinês, o Shenzhen, ultrapassou mesmo o por cento e meio, negociando nos -1.54 por cento.

A bolsa japonesa, por outro lado, abriu em alta após a queda de quarta-feira. O índice Nikei valorizava 0,31 por cento depois de ter fechado na véspera nos -3,7 por cento.

A pressionar os mercados mantém-se sobretudo o petróleo, em queda continuada. O índice norte-americano (WTI) desceu quarta-feira para os 26,55 dólares / barril, o nível de fecho mais baixo desde 7 de maio de 2003. O índice de referência europeu, o Brent, fixou o barril nos 27,88 dólares, quase um dólar abaixo do valor de fecho na terça-feira (28,76 dólares).

Fonte: Lusa e Reuters