Última hora

Última hora

Estados-membros querem extensão de controlo de fronteiras no espaço Schengen

A extensão do controlo temporário de fronteiras no espaço Schengen por um período de até dois anos reúne o apoio de vários Estados-membros que

Em leitura:

Estados-membros querem extensão de controlo de fronteiras no espaço Schengen

Tamanho do texto Aa Aa

A extensão do controlo temporário de fronteiras no espaço Schengen por um período de até dois anos reúne o apoio de vários Estados-membros que pediram à Comissão Europeia para preparar esta possibilidade.

O anúncio foi feito, esta segunda-feira, pelo secretário de Estado holandês da Justiça e Segurança, durante o primeiro dia da reunião informal de ministros do Interior e da Justiça da União Europeia, a decorrer em Amesterdão.

Klaas Dijkhoff referiu: “Atualmente, as medidas fronteiriças temporárias podem apenas ser tomadas por um período limitado de seis meses. O afluxo de requerentes de asilo sem precedentes, que forçou os Estados-membros a tomarem estas medidas a nível nacional, ainda não diminuiu.”

Os parceiros europeus também pressionaram a Grécia, porta de entrada de muitos migrantes no velho continente, a efetuar um melhor controlo da fronteira com a Turquia.

Nesta linha, e em nome de um abrandamento do fluxo de refugiados, o primeiro-ministro da Eslovénia, Miro Cerar, sugeriu, também esta segunda-feira, a possibilidade de envio de unidades de polícia europeias para a fronteira entre a Grécia e a Macedónia: “Deveríamos criar uma segunda linha de defesa na fronteira entre a Macedónia e a Grécia. Os países europeus deveriam reforçar a defesa na fronteira para prevenir a migração ilegal para a Europa.”

A Comissão Europeia estuda a possibilidade de envio de ajuda financeira e material para a Macedónia fazer frente à crise migratória na região fronteiriça com a Grécia.