Última hora

Última hora

Catherine Zeta-Jones: uma repórter de guerra sensual na comédia "Dad's Army"

Em leitura:

Catherine Zeta-Jones: uma repórter de guerra sensual na comédia "Dad's Army"

Tamanho do texto Aa Aa

A comédia britânica “Dad’s Army” desenrola-se em 1944, no final da Segunda Guerra Mundial. A obra inspira-se numa série da BBC dos anos 60 e 70.

A comédia britânica “Dad’s Army” desenrola-se em 1944, no final da Segunda Guerra Mundial. A obra inspira-se numa série da BBC dos anos 60 e 70. A história gira em torno de uma jornalista da Associated Press que chega à cidade imaginária de Walmington para acompanhar as operações militares.

Point of view

O argumento era muito bom. Os diálogos eram naturais. Mergulhámos no filme e divertimo-nos.

Catherine Zeta-Jones esteve presente na estreia do filme, em Londres: “Há sempre pressão quando fazemos um filme. Quando se trata de uma comédia sentimos pressão porque queremos provocar o riso. Neste caso, foi tudo muito divertido. O argumento era muito bom. Os diálogos eram naturais. Mergulhámos no filme e divertimo-nos”, contou a atriz do País de Gales.

A comédia realizada por Oliver Parker gira em torno do mundo militar, um género que já faz parte da tradição britânica em matéria de filmes e séries.

“Alguns dos militares retratados no filme são pomposos, outros são tolos, mas, todos eles estão preparados para dar o seu melhor e perder a vida. Há algo de profundamente tocante na forma como assumem esse compromisso. As pessoas identificam-se com isso”, sublinhou o realizador
Oliver Parker.

“Dad’s Army” chega às salas de cinema do Reino Unido a 5 de fevereiro e não tem data de estreia prevista em Portugal.