This content is not available in your region

Dinamarca: Ai Weiwei encerra exposição em protesto contra nova lei do asilo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Dinamarca: Ai Weiwei encerra exposição em protesto contra nova lei do asilo

<p>O artista e ativista chinês Ai Weiwei encerrou uma exposição em Copenhaga e retirou um obra sua do museu de Aros, no oeste da Dinamarca, em protesto contra as novas leis de asilo do país. </p> <p>A Fundação Faurschou, em Copenhaga, explica o encerramento com um comunicado onde os responsáveis se solidarizam com a decisão do artista chinês.</p> <p>“Ele tem agora uma das maiores vozes do mundo, globalmente, e penso que usa essa voz, penso que isso é bom”, diz Jens Faurschou. </p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Ai Weiwei Closes Danish Exhibition Three Months Early In Protest Of New Refugee Law <a href="https://t.co/2zIXgiVQBm">https://t.co/2zIXgiVQBm</a> <a href="https://t.co/2kQOCyoLff">pic.twitter.com/2kQOCyoLff</a></p>— <span class="caps">PAPER</span> Magazine (@papermagazine) <a href="https://twitter.com/papermagazine/status/692524585196113920">January 28, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>O Parlamento dinamarquês aprovou a reforma da lei de asilo que permite confiscar valores aos requerentes de asilo e que limita o acesso à reagrupamento familiar.</p>