Última hora

Última hora

"O elefante fora da sala": Trump ausente do último debate republicano no Iowa

Donald Trump distancia-se dos restantes candidatos presidenciais republicanos, na véspera das primárias do partido no estado do Iowa, na

Em leitura:

"O elefante fora da sala": Trump ausente do último debate republicano no Iowa

Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump distancia-se dos restantes candidatos presidenciais republicanos, na véspera das primárias do partido no estado do Iowa, na segunda-feira.

O favorito do sufrágio que tradicionalmente dá o tom ao resto da campanha, optou por surgir sozinho num comício em Des Moines, ao mesmo tempo que decorria o último debate televisivo antes da eleição.

Uma oportunidade para os outros sete candidatos se demarcarem da campanha populista de Trump, sem deixarem de evocar os mesmos argumentos, do combate à imigração à luta contra o grupo Estado Islâmico.

Interrogado sobre a ausência do “elefante na sala”, Ted Cruz, dado como número dois nas sondagens, ironizou:

“Eu sou um maníaco e toda a gente neste debate é estúpida, gorda e feia e Ben Carson é um cirurgião terrível. Agora que nos livrámos do ‘momento Trump’, podemos explicar às pessoas deste país porque é que cada um de nós pensa que poderá ser o melhor comandante em chefe”, afirmou Cruz.

Alegando um diferendo com o canal Fox News, o candidato milionário que lidera as sondagens preferiu comparecer num alegado ato de angariação de fundos para os veteranos de guerra.

Um golpe mediático que levou os republicanos e vários canais televisivos a dividirem-se entre dois eventos paralelos.

Trump deixa assim os restantes adversários a falar sozinhos quando voltou a monopolizar as audiências na televisão e nas redes sociais.

Segundo as últimas sondagens, Trump continua à frente com mais de dez por cento de vantagem face a Cruz, não só no estado do Iowa, mas também no New Hampshire e Carolina do Sul, as próximas etapas das primárias republicanas para as presidenciais de novembro.