Última hora

Última hora

Esqui alpino: Kilde protagoniza a grande surpresa na descida de Garmish-Partenkirchen

Aleksander Aamodt Kilde alcançou a primeira vitória na Taça do Mundo de Esqui Alpino e foi assim a grande surpresa na descida de Garmish-Partenkirchen, na Alemanha.

Em leitura:

Esqui alpino: Kilde protagoniza a grande surpresa na descida de Garmish-Partenkirchen

Tamanho do texto Aa Aa

Aleksander Aamodt Kilde alcançou a primeira vitória na Taça do Mundo de Esqui Alpino e foi assim a grande surpresa na descida, em Garmish-Partenkirchen.

O norueguês, de 23 anos, campeão do mundo de juniores no slalom gigante, em 2013, tinha até agora como melhor resultado na Taça do Mundo um terceiro lugar, em Val Gadena.

A Noruega volta assim a sorrir, uma semana depois da queda de Aksel Lund Svindal, que não volta a esquiar esta temporada.

1 minuto 55 segundos e 28 centésimos, o tempo de Kilde na pista Kandahar.

Kilde garantiu o triunfo quando outro esquiador já celebrava a vitória. Bostjan Kline foi o mais rápido até o norueguês ter cortado a meta.

O esloveno, de 24 anos, nunca tinha feito melhor do que um 13.º lugar. Mas, nas neves alemãs, Kline esteve à beira da vitória e acabou por ficar a 22 centésimos de segundo do triunfo na descida.

Numa prova em que os favoritos ficaram aquém das expectativas, o pódio ficou completo com Beat Feuz. O suíço completou a descida em mais 24 centésimos de segundo que o vencedor.

Apesar da lesão, Aksel Lund Svindal continua a ser o líder da Taça do Mundo de descida.