Última hora

Última hora

"Brexit": Tusk apresenta esta terça-feira propostas para um acordo sobre reformas na UE

O presidente do Conselho Europeu apresenta, esta terça-feira, propostas para um acordo com vista a manter o Reino Unido na União Europeia (UE). Mas, Donald Tusk avisa que "ainda há questões pendentes"

Em leitura:

"Brexit": Tusk apresenta esta terça-feira propostas para um acordo sobre reformas na UE

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Conselho Europeu apresenta, esta terça-feira, propostas para um acordo com vista a manter o Reino Unido na União Europeia (UE). Mas, Donald Tusk avisa que “ainda há questões pendentes”.

Nos últimos dois dias, Tusk e o primeiro-ministro britânico estiveram reunidos em Downing Street em busca de um acordo para responder às exigências de Londres sobre as reformas que David Cameron considera necessárias para fazer campanha pelo “sim” no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia, que ainda não foi agendado.

A Comissão Europeia alertou que alcançar um consenso com o primeiro-ministro britânico é um processo difícil:

“Não basta a Comissão e os advogados do Conselho estarem de acordo. O processo é gerido a 28. A Comissão trabalha para os 28 Estados-membros da União”, explicou Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão.

Para fazer campanha pela continuidade na União Europeia, o chefe do governo britânico tem várias exigências: em primeiro lugar, quer impor uma moratória de quatro anos antes da concessão de benefícios sociais aos imigrantes provenientes da UE que pretendam trabalhar no Reino Unido.

No campo da soberania, David Cameron quer ver ampliadas as matérias em que o país pode recusar uma maior integração política na União Europeia e que os parlamentos nacionais tenham mais poder para bloquear legislação europeia.

Na economia, o líder britânico exige o reconhecimento de que o euro não é a única moeda da União Europeia para que os países de fora da zona euro não fiquem em desvantagem. Cameron quer ainda a garantia de que o Reino Unido não será chamado a contribuir para resgates e pretende mais algumas concessões para melhorar a competitividade britânica.

A renegociação da permanência do Reino Unido na União Europeia é complexa. O projeto de um possível acordo deve ser apresentado na cimeira europeia de 18 e 19 deste mês.