Última hora

Última hora

Semana da moda masculina regressa a Nova iorque

Em leitura:

Semana da moda masculina regressa a Nova iorque

Tamanho do texto Aa Aa

A Semana de Moda Masculina, dedicada ao outono/inverno 2016, arrancou, esta segunda-feira, em Nova Iorque. Depois de uma primeira edição

A Semana de Moda Masculina, dedicada ao outono/inverno 2016, arrancou, esta segunda-feira, em Nova Iorque. Depois de uma primeira edição bem-sucedida, em julho do ano passado, o certame regressa à Big Apple mas com aspirações internacionais.

Carlos Garcia Velez

O estilista e arquiteto mexicano Carlos Garcia Velez, radicado nos Estados Unidos, inspira-se na cultura nómada, que absorveu através de uma investigação pessoal e académica, mas também na fusão entre arte e arquitetura:

“Esta coleção inspira-se na imagem de um nómada que vai a umas termas na Suíça. Um explorador que vai a um spa. A ideia de vestir e despir. Por isso, temos vários tipos de roupa que se misturam, por dentro e por fora, Então, algumas peças usamo-las com peças exteriores, outras são para usar por dentro de outras peças”, refere Garcia Velez.

Uma coleção jovem, mas pouco ousada na sua paleta de cores.

Mike Rubin

Apesar das similitudes com o “velho oeste” na coleção de Mike Rubin, o estilista inspira-se no Sol da Califórnia, com os surfistas e skaters dos anos 70 e 8. Foi aliás por isso que criou a marca Krammer & Stoudt.

“Eu criei esta marca porque queria vestir homens da minha faixa etária que cresceram a surfar e faziam parte da cena musical. E como eles estão a ficar mais velhos, tento dar-lhe um ar fresco mas não demasiado jovem”, adianta Rubin.

O estilista tenta combinar peças tradicionais do guarda-roupa masculino dos Estados Unidos com um toque de originalidade.

Edmund Ooi

Edmund Ooi, designer de moda masculina nascido na Malásia, apresenta, pela primeira, uma coleção à qual chamou “Turma de 2015”. Modelos traçados a rigor mas com laivos futuristas:

“É, basicamente, uma reinterpretação de um estudante do futuro. Quando penso nos estudantes de hoje eles não têm uniformes, mas continuam a ter todos, de alguma forma, o mesmo tipo de roupa”, explica Ooi.

Calvin Klein, Tommy Hilfiger e Public School são outros dos nomes que se apresentam até 4 de janeiro.