Última hora

Última hora

Lucros da Shell caíram 87% em 2015

A Royal Dutch Shell vai eliminar 10 mil postos de trabalho depois de no ano passado ter registado a maior queda dos lucros em 13 anos. A petrolífera

Em leitura:

Lucros da Shell caíram 87% em 2015

Tamanho do texto Aa Aa

A Royal Dutch Shell vai eliminar 10 mil postos de trabalho depois de no ano passado ter registado a maior queda dos lucros em 13 anos.

A petrolífera anglo-holandesa revelou que os lucros líquidos caíram 87%, para quase 1 939 milhões de dólares, o equivalente a 1 748 milhões de euros, contra quase 15 milhões de dólares um ano antes.

Tal como as congéneres mundiais, a Royal Dutch Shell sofre com a queda do preço do barril de petróleo, que está agora na casa dos 30 dólares.

O analisa Jeremy Stecht recorda: “Vemos o reflexo da queda dos preços do petróleo nas empresas do setor das matérias-primas, em particular, do setor petrolífero. Isso refletiu-se nas contas da BP, no início da semana, e de novo agora. Penso, por isso, que devemos esperar mais resultados e previsões dececionantes”.

Em 2014, a Royal Dutch Shell tinha 94 mil empregados. O custo médio dos salários atingia 214 mil dólares.

No ano passado, a petrolífera vendeu mais de cinco mil milhões de dólares de ativos. Agora quer reorganizar a área de exploração e produção e vai reduzir o investimento.

Está, no entanto, a finalizar a compra da BG. O presidente executivo, Ben Van Beurden, fala de “uma nova página”.

No conjunto, o grupo Shell-BG pretende investir 33 mil milhões de dólares este ano, menos 45% face a 2013.

O anúncio dos resultados e dos projetos não penalizou as ações. Os títulos do grupo subiram mesmo na bolsa de Londres, já que a Shell mantém o dividendo de 0,47 dólares por ação.

Links úteis:

Os resultados da Royal Dutch Shell

“Artigo “The Telegraph”“:http://www.telegraph.co.uk/finance/newsbysector/energy/12139573/Shells-profits-plunge-80pc-amid-oil-price-slump.html?sf20295877=1