Última hora

Última hora

França e Rússia trocam acusações sobre a Síria

As conversações para a paz, em Genebra, continuam suspensas até ao dia 25 de fevereiro.

Em leitura:

França e Rússia trocam acusações sobre a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A situação na Síria continua a dividir os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em particular a França e a Rússia. Os embaixadores dos dois países trocaram acusações, na última reunião do Conselho, que decorreu à porta fechada.

Entretanto, as conversações de Genebra continuam suspensas até ao fim do mês: “O regime sírio e seus aliados não fizeram qualquer concessão. Por um lado, dizem estar a discutir a paz em Genebra. Por outro, intensificam as ofensivas militares contra grupos de oposição com os quais era suposto estarem a discutir”, diz François Delattre, embaixador francês na ONU.

A Rússia, aliada do regime de Assad, culpa o Ocidente pelo abandono das negociações. Diz o embaixador russo Vitaly Churkin: “Aqueles que encorajaram a oposição síria a abandonar as conversações e têm, continuamente, rejeitado as nossas ofertas para uma cooperação, que nos envolva a nós e a eles, sobre a situação na Síria, não têm qualquer base, nem moral, nem formal, para nos criticar”.

A ronda de Genebra é retomada a 25 de fevereiro.