Última hora

Última hora

Previsões de resultados afundam ações LinkedIn

As ações LinkedIn afundam 43% após a publicação dos resultados e as previsões para o primeiro trimestre de 2016. .fastFT</a>: LinkedIn shares set

Em leitura:

Previsões de resultados afundam ações LinkedIn

Tamanho do texto Aa Aa

As ações LinkedIn afundam 43% após a publicação dos resultados e as previsões para o primeiro trimestre de 2016.

No quarto trimestre, a maior rede profissional do mundo teve prejuízos líquidos de mais de 8 milhões de euros, contra lucros um ano antes. O crescimento foi o pior em dois anos.

As receitas aumentaram 20%, contra cinquenta um ano antes. Já as despesas cresceram 30%, com a estratégia de expansão da empresa fora dos Estados Unidos e o reforço dos serviços de recrutamento empresasial.

A empresa, que liga empregadores e profissonais à procura de emprego, diz enfrentar uma forte pressão na Europa, Médio oriente, África e Ásia-Pacífico devido ao atual contexto económico.

LinkedIn conta com mais de 400 milhões de utilizadores. Para o primeiro trimestre prevê lucros de 55 cêntimos de dólar por ação e receitas de 820 milhões de dólares. Em ambos os casos os valores são inferiores às previsões dos analistas.