Última hora

Última hora

Esqui Alpino: Lindsey Vonn segue imparável e chega aos 1000 pontos

Lindsey Vonn segue imparável na Taça do Mundo de esqui alpino. A norte-americana, de 31 anos, quatro vezes vencedora do Globo de Cristal, somou este

Em leitura:

Esqui Alpino: Lindsey Vonn segue imparável e chega aos 1000 pontos

Tamanho do texto Aa Aa

Lindsey Vonn segue imparável na Taça do Mundo de esqui alpino. A norte-americana, de 31 anos, quatro vezes vencedora do Globo de Cristal, somou este sábado, na Alemanha, o nono triunfo da temporada em etapas da Taça da Mundo. Desta feita, numa prova de “Downhill.”

Com o triunfo, Vonn dilatou a vantagem sobre Lara Gutt. A austríaca foi 14.a nesta etapa na pista de Khandahar de Garmisch Partenkirchen, a quase três segundos da líder.

Vonn, por seu turno, cumpriu a descida alemã em 1:40,80 minutos e celebrou também a chegada aos 1000 pontos na geral, liderança à qual soma também os primeiros lugares da disciplinas de “Downhill” e “slalom” super gigante.

“Foi totalmente diferente das sessões de treino. Era uma pista diferente. Fui cerca de 9 segundos mais rápida, por isso tive de ser esperta taticamente em certas partes. Havia muitos ressaltos. Sei que muitas esquiadoras estavam a sentir problemas com os ressaltos e havia também alguns problemas de iluminação. Acho que simplesmente executei bem nos sítios certos e fui capaz de aplicar a minha velocidade ao longo do percurso”, explicou Vonn, no final da 76.a vitória em etapas da Taça do Mundo.

Em segundo, a 1,51 segundos de Vonn, ficou Fabienne Suter. A suíça, de 31 anos, cumpriu aqui a sétima etapa da temporada, a quinta em “Downhill”, e pela terceira vez alcançou o segundo lugar do pódio — pela segunda vez atrás de Lindsey Vonn.

Em terceiro ficou a anfitriã Viktoria Rebensburg. Depois do triunfo da semana passada no slalom gigantede Maribor, na Eslovénia, a alemã, de 26 anos, surgiu no pódio pela terceira vez consecutiva nesta Taça do mundo e segue em 3.° na geral.

Este domingo, a Taça do Mundo de esqui feminino prossegue com o quarto “slalom” super gigante da temporada, de novo nas encostas de Garmisch Partenkirchen.