Última hora

Última hora

Alejandro González Iñarritu recebe Directors Guild of América pelo 2.° ano consecutivo

Em 12 anos, 11 vencedores dos Directors Guild Awards foram premiados nos Oscars. Com 12 nomeações, este ano, "The Revenant: O Renascido", com Leonardo di Caprio, não deve fugir à regra

Em leitura:

Alejandro González Iñarritu recebe Directors Guild of América pelo 2.° ano consecutivo

Tamanho do texto Aa Aa

A Directors Guild of América (DGA) atribuiu o prémio de melhor realizador a Alejandro González Iñarritu, pelo segundo ano consecutivo.

Depois de Birdman, o ano passado, desta vez foi “The Revenant: O Renascido”, que permitiu ao mexicano levar para casa um segundo galardão da associação profissional norte-americana de realizadores.

González Iñarritu dedicou o prémio ao México e aos mexicanos que vivem nos Estados Unidos: “Este abraço que me estão a dar hoje vai para um país inteiro, vai para a comunidade da América Latina deste país. Eu estou aqui, de repente, nas luzes da ribalta no lugar de todas essas pessoas que vivem aqui e que contribuem para este país. E o vosso abraço é motivo de orgulho e de felicidade.”

O brasileiro Fernando Coimbra tinha sido nomeado para a novel categoria de melhor primeira obra, com o filme, em língua portuguesa, “O Lobo Atrás da Porta”. Foi o britânico Alex Garland, com o filme de ficção científica “Ex Machina” que arrecadou o troféu.

O palmarés deste ano pode ser consultado, na íntegra, “aqui:“https://www.dga.org/Awards/Annual.aspx.

Em 12 anos, 11 vencedores dos Directors Guild Awards foram premiados nos Oscars. O ano passado, Alejandro González Iñarritu ganhou uma estatueta dourada de melhor realizador com “Birdaman”. Com 12 nomeações, este ano, “The Revenant: O Renascido”, com Leonardo di Caprio, não deve fugir à regra.