Última hora

Última hora

Turquia reforça controlo sobre refugiados antes de visita de Merkel

A Turquia reforça as medidas para travar o fluxo de migrantes com destino à Europa, na véspera de uma nova visita ao país da Chanceler alemã Angela

Em leitura:

Turquia reforça controlo sobre refugiados antes de visita de Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia reforça as medidas para travar o fluxo de migrantes com destino à Europa, na véspera de uma nova visita ao país da Chanceler alemã Angela Merkel.

Ancara afirma ter confiscado 49 barcos insufláveis, na sexta-feira, durante várias rusgas em ateliês clandestinos, na cidade costeira de Izmir.

Desde o final do ano passado, que as autoridades turcas se atacam a estas fábricas que alegadamente produzem embarcações e coletes salva-vidas defeituosos, responsáveis pela morte de mais de 280 refugiados desde o início de janeiro, e mais de 3.600 pessoas no ano passado.

Em paralelo, Ancara decidiu suspender o acordo que permitia aos cidadãos iraquianos beneficiar de um visto temporário de 30 dias no país.

A Turquia acolhe atualmente mais de 2,7 milhões de sírios e cerca de 300 mil iraquianos. No ano passado, cerca de 850 mil migrantes cruzaram as águas do mar Egeu, que separam as costas turcas das ilhas gregas de Lesbos e Mytilene.

As novas medidas foram anunciadas quando a Turquia é criticada por falta de ação, depois de ter assinado um acordo com Bruxelas, em novembro, para reforçar o controlo sobre a entrada de refugiados.

A Chanceler alemã Angela Merkel vai regressar à Turquia na segunda-feira, quando Bruxelas prometeu três mil milhões de euros de ajuda a Ancara para tentar resolver a situação.