Última hora

Última hora

1,3 milhões de crianças em risco de morrer à fome no Iémen

1,3 milhões crianças do Iémen estão em risco de má nutrição e infeções respiratórias. O alerta é dado pela Unicef. O organismo das Nações Unidas

Em leitura:

1,3 milhões de crianças em risco de morrer à fome no Iémen

Tamanho do texto Aa Aa

1,3 milhões crianças do Iémen estão em risco de má nutrição e infeções respiratórias. O alerta é dado pela Unicef. O organismo das Nações Unidas garante que os mais jovens são as principais vítimas de um conflito que é muitas vezes esquecido pela comunidade internacional.

Al Saadi, porta-voz da Unicef no Iémen, explica que “192 centros de tratamentos de má nutrição pararam de funcionar por causa da falta de combustível e por causa do conflito. Além disso, os centros e os hospitais foram atingidos por raides aéreos e foram alvo de ataques de milícias armadas. Os funcionários tiveram abandonar o trabalho”.

Recorde-se que Sana, a capital do país, caiu nas mãos dos rebeldes Houthi em setembro de 2014. A cidade tem sido alvo da aviação da coligação de países árabes, liderada pela Arábia Saudita, que iniciaram a ofensiva em março do ano passado. Desde essa altura o Iémen tem sido palco de um conflito que já causou cerca de seis mil mortos.