Última hora

Última hora

EUA: Pessimismo do eleitorado dá asas a Sanders e Trump

A cólera dos eleitores republicanos e democratas venceu as primárias no New Hampshire, onde os discursos mais radicais de cada formação foram os mais

Em leitura:

EUA: Pessimismo do eleitorado dá asas a Sanders e Trump

Tamanho do texto Aa Aa

A cólera dos eleitores republicanos e democratas venceu as primárias no New Hampshire, onde os discursos mais radicais de cada formação foram os mais votados dos sufrágios.

No campo Democrata, o assumidamente “socialista” Bernie Sanders conseguiu suplantar Hillary Clinton, por mais de 20% dos votos, numa noite em que os chamados “aparelhos” dos partidos foram os grandes derrotados nas urnas.

“Temos que estar unidos dentro de alguns meses e unir este partido e esta nação, pois não podemos deixar que os nossos adversários, os republicanos de direita, possam ganhar a presidência”, afirmou Bernie Sanders, que obteve 60% dos votos, face aos 39% de Hillary Clinton.

A antiga secretária de Estado sofre assim um primeiro revês, depois de ter vencido as primárias no Iowa, e quando o voto do eleitorado hispânico e afro-americano se anuncia decisivo para a continuação da corrida.

No campo Republicano, Donald Trump confirmou o favoritismo das sondagens, contrariado no primeiro teste no Iowa.

O candidato milionário surgiu muito à frente dos adversários, com 35% dos votos, colocando todos os restantes favoritos abaixo dos 12%.

Donald Trump agradeceu o resultado, recordando o programa de campanha:

“Vou ser o maior presidente do emprego que deus alguma vez criou. Lembrem-se bem disto… Nós vamos tornar o nosso país mais forte. Vamos começar a ganhar outra vez, pois não estamos a ganhar como país, não ganhamos no comércio e ao nível militar pois não conseguimos derrotar o grupo Estado Islâmico”.

O governador do Ohio John Kasich surgiu em segundo lugar com 15% de votos, seguido de Ted Cruz com 12% e os restantes pesos pesados do partido.

Uma vitória do discurso anti-sistema, dentro dos dois partidos, quando, segundo as sondagens, 73% dos norte-americanos se mostra pessimista quanto ao rumo do país.

A batalha das primárias vai prosseguir com um primeiro teste em território conservador, durante as primárias da Carolina do Sul, nos dias 20 e 27 de fevereiro.

O calendário completo das primárias para a Casa Branca: